quarta-feira, 9 de setembro de 2020

O que mudou para o mercado de luxo na Pandemia

Existe um mito que nada abala o luxo, afinal, quem é rico é sempre rico.

A pandemia vem para nos mostrar que este segmento vai muito além da disponibilidade financeira para compra. A McKinsey prevê uma queda neste mercado global de 35% a 49% para o próximo ano.

As mudanças que vem afetando este setor entre outras são:

– Redução da atividade social – A venda de produtos luxo e superluxo são diretamente ligados ao volume das atividades sociais. O isolamento reduziu drasticamente estas atividades e consequentemente o volume de compras de roupas, perfumes, joias, sapatos, etc.

– A nova riqueza – O choque de realidade foi impactante para as classes mais altas, a consultoria Spark Ideas aponta Saúde e Vitalidade como o novo ícone de riqueza. Assim o bem estar passa a ter mais valor que ostentar bolsas de grife. A consultoria que realizou uma pesquisa nos EUA e China com pessoas que haviam consumido mais de U$ 2.000 em um único ítem de moda nos últimos 12 meses, revela que ter uma bicicleta Peloton pode conferir muito status e notoriedade.

– De volta ao lar – A família passa também por uma ressignificação. Existe uma humanização das relações de uma forma geral, mas o senso de pertencimento ao grupo familiar passou a demandar mais atenção que a busca por novos produtos de luxo.

– Experiência do luxo – Ser um consumidor de luxo inclui com muita força a experiência do consumidor. Entrar na loja de máscara e ter sua temperatura medida, manter o distanciamento e ter alguém passando álcool a cada dois minutos não contribui para este momento.

– Dificuldade na compra online – Como dito no tópico anterior, a experiência tem um peso muito relevante na venda de luxo, assim a venda online ocorre mas não consegue os resultados de forma tão efetiva. Aliás, para quem gosta da marca e do luxo, nada mais empolgante que o contato com a peça para ser ver os detalhes e diferenciais.

Para quem atua neste mercado as dicas de vendas para este momento são simples mais valiosas:

– Mostre o quanto sua marca é inclusiva, humana e social. Estas ações trarão novos clientes e ajudarão no aumento do ticket de vendas pós pandemia.

– Mantenha as relações com clientes. A experiência do consumidor vai além da compra e este é o momento de ser próximo.

– A vitrine mudou. Se a visita às lojas diminuiu, é preciso levar a loja até o cliente, virtualmente ou com envio de mostruário. A escolha do que será mostrado deve ser personalizada, evidenciando que existe um conhecimento profundo do gosto e do momento do cliente.

Sempre após momentos de crise, os clientes do luxo passam a valorizam ainda mais produtos diferenciados. Então esteja preparado para manter sua visibilidade e simpatia com o público, garantindo um retorno as vendas em alto estilo.

Contato

contato@ybyconsultoria.com.br

11 95691 0126 | 41 99115 2019

Open chat
Olá, precisa de ajuda?
Powered by